O armazenamento do nosso lixo vai para o lixão ou aterro sanitário?





Depois de uma breve pesquisa sobre este assunto, gostaria que todo o lixo estivesse sendo direcionado para o aterro sanitário e a coleta seletiva dos resíduos sólidos separada antes de chegar aos aterros proporcionando uma renda aos catadores.

Para começarmos a entender essa história de Reciclagem, Coleta Seletiva acredito que o ponto inicial é entender esta problemática do armazenamento do lixo.

Todos nós produzimos lixo diariamente. Este por sua vez é retirado de nossas casas, escolas ou trabalhos e encaminhado para os lixões, aterros controlados ou aterros sanitários.

Um lixão é um local onde o lixo é depositado a céu aberto sem nenhum preparo anterior lesando, consequentemente, o meio ambiente. Este lixo irá produzir um liquido preto chamado chorume que irá penetrar para dentro da terra, contaminando o solo e o lençol freático. Além desta vertente ambiental, ele ainda apresenta uma característica social muito negativa que é em relação as pessoas que vão até lá à procura de comida e materiais recicláveis para vender. Isso sem deixar de citar os ratos, moscas e urubus que vivem neste habitat.

O aterro controlado caracteriza-se pelo meio termo entre o lixão e o aterro sanitário. Sua principal ação é referente a um olhar mais cuidadoso com o solo e o lençol freático. Ele apresenta um preparo de cobertura em argila e grama que tem como função principal agir como uma manta impermeável com o objetivo de proteger a água da chuva e recircular o chorume que é coletado e levado para cima da pilha do lixo, diminuindo o impacto ambiental.

Já o aterro sanitário é o sistema mais adequado para o armazenamento dos resíduos sólidos ou lixo. Antes de o lixo ser depositado, o local é preparado nivelando a terra e selando a base do solo com argila e mantas de PVC. Com está impermeabilização o lençol freático não fica em nenhum momento comprometido com a contaminação do chorume e finalmente o lixo aqui passa por um processo onde após seis meses o chorume acumulado é encaminhado para uma estação de tratamento de efluentes. O aterro não apresenta mau cheiro, urubus ou outros tipos de animais.

Espero em breve colocar mais informações sobre este tema, Coleta Seletiva do lixo,Reciclagem e geracão de renda.

5 comentários:

  1. O aterro é uma maneira ambientalmente aceitável para dispor os resíduos,
    contudo ele pode apresentar vários problema ambientais, claro que em
    escala muito menor que um lixão. Em Curitiba utilizamos um aterro
    sanitário há 19 anos e estamos propondo substituir o nosso aterro por um
    Sistema Integrado de processamento e Aproveitamento de Resíduos.
    Continuaremos com nosso programa de coleta seletiva e com as coletas
    diferenciadas e especiais e vamos implantar um complexo industrial que
    aproveita os recicláveis que ficam misturados no lixo, aproveita a
    matéria orgânica e os demais componentes que tenham valor energético
    agregado.

    O sistema esta em licitação e espero breve poder anunciar o início de
    sua implantação e de operação.

    atenciosamente
    João Carlos

    Outra questão, as mantas de impermeabilização mais utilizadas em
    aterros são de PEAD, alguns estados proíbem o uso de PVC

    ResponderExcluir
  2. bom porque me ajudou na pesquisa

    ResponderExcluir